sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Criança Feliz!!!!

Para mim, ser criança não se limita a um período biológico, a uma faixa etária. Ser criança está muito mais relacionado a um estado de espírito. Uma busca incessante e curiosa pelo novo, por aquilo que nos faz felizes, vivendo o momento e sem se preocupar com nada mais além do que a alegria do presente.
DSCN4024Ser criança é aprender e fazer do processo de aprendizagem nada mais do que uma singela brincadeira, sem compromisso que não seja o de se fazer o que gosta, do jeito que gosta e apenas pelo tempo em que o interesse seja convergente com estado de espírito que não tem lugar para apreensão ou medo.
Desafiar constantemente os limites, com uma sede perene pelo novo que nos impulsiona em direção ao crescimento, que aos poucos nos afasta do mundo colorido do imaginário na direção de uma vida adulta.
Mas as vezes a vida nos exige comportamentos “adultos” um pouco mais cedo. Para os pequenos diabéticos a exigente rotina e os cuidados constantes demandam uma atenção muitas vezes acima do que o esperado para a idade e estágio de desenvolvimento. Nessas horas estaremos lá para ajudar. Para fazer do momento da medição da glicemia ou da contagem de caboidratos apenas uma pequena parada na direção da próxima brincadeira. Preocupação e o estabelecimento de limites são necessários, mas sem impedir novas experiências, descobertas e brincadeiras. O momento da insulina permite que a vida continue seu rumo, repõe o que falta corrigindo a trajetória para uma vida plena.
Plenitude, sem tratamento privilegiado. Apenas mais uma criança, que vai crescer na estrada da autonomia cada vez precisando menos dos pais e familiares, sem fazer disso um fardo. Tudo isso depende em grande medida de nossa postura. Como encaramos a doença e as naturais dificuldades do tratamento faz toda a diferença.
Que nesse dia busquemos inspiração para novas brincadeiras na hora de escolher o local da aplicação da insulina ou o dedinho no qual se fará a medição da glicemia. O momento do amadurecimento e da autonomia vai chegar – e talvez antes de que nós, pais corujas, possamos perceber – Mas por enquanto nada vai impedir uma vida colorida e feliz para minha pequena princesa, pois a sua felicidade é a nossa.
MARCOS, Pai da Jujuba

8 comentários:

  1. Que lindo e verdadeiro texto! Adorei!
    Essa família é maravilhosa,cheia de luz, Jujuba tem além de pais educadores de vida!
    Um abraço!

    Ps. Cadê as bolotas? Eu gostava delas! Mas ficou legal assim tb.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Silvia querida...
      Já estava me prometendo mudanças tem um tempo.... Estou ainda em fases de testes de layout... rsrsrsrsrsrs... Esse fim de semana sai uma nova carinha pro blog!!!!
      Beijão e obrigadão pelo carinho de sempre!!!!!!

      Excluir
    2. Todos os pais deveriam ler e seguir este exemplo! Parabéns Marcos!!

      Excluir
  2. Marquinhos e Carol,

    q sorte da Jujuba terem vcs como pais! E q sorte de vcs terem alguém tão especial como ela pra cuidar e, quem sabe, num futuro próximo, também serem cuidados :))

    Lindo texto, querido amigo e professor!

    Um beijo para os 3!

    Mônica Guimarães

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Moniquinha!!!
      obrigada pelo Carinho!!!!
      Adorei te ver no sábado!!!!
      Beijão!!!!!

      Excluir
  3. Amei o texto...muito lindo
    Feliz dia das crianças pra Jujuba...gatinha doce!! :-)))
    Grande bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Natália querida!!!!!!!!
      um beijão!!!!!!

      Excluir